sábado, 28 de fevereiro de 2009

Aceitar onde estou e como me sinto

Uma das principais dificuldades que o ser humano tem é em aceitar o lugar onde se encontra neste momento, o lugar emocional, físico e mental.
Não gosta do que sente, não gosta do que atrai para a sua experiência, não gosta do que pensa... e tem dificuldade em mudar. Uma das razões é não aceitar onde está... resistir ao que É neste preciso momento.

Como adoro EFT e tenho descoberto as maravilhas que pode fazer por mim e pelos outros, hoje vou publicar um tapping pessoal, com aquilo que sinto pessoalmente, para mim mesma.

Apesar de não aceitar onde estou, nem como me sinto, eu escolho aceitar-me profunda e completamente.
Apesar de não conseguir aceitar-me, eu escolho aceitar os meus sentimentos e como me sinto.
Apesar de ser difícil estar aqui e agora, com o que sinto e o que penso, eu escolho tranquilizar a minha mente e o meu corpo.
Apesar desta resistência ao que É, ao que Sou aqui e agora, eu escolho manter-me presente e em paz.

Não aceito como me sinto.
Não aceito onde estou.
Não consigo aceitar.
Não me aceito.
Não me aceito.
Não aceito onde estou.
Não aceito como me sinto.
Não aceito o que sinto.

Não me aceito.
Não me aceito.
Sinto toda esta resistência ao que é.
Esta resistência a aceitar-me.
Toda esta resistência em aceitar-me.
Toda esta resistência em aceitar-me.
Esta resistência.
Esta resistência.

Mas eu posso escolher manter-me calma.
Eu posso escolher aceitar os meus sentimentos.
Eu escolho aceitar os meus sentimentos.
Eu escolho aceitar como me sinto.
Eu escolho aceitar como estou, aqui e agora.
Eu escolho aceitar-me.
Eu escolho aprender novas formas de me aceitar e amar.
Eu escolho aceitar-me.

Eu escolho estar em paz.
Eu escolho sentir-me em paz.
Eu escolho sentir-me em paz, independentemente de qualquer coisa.
Eu escolho a paz, em todas as situações.
Eu escolho a paz e a calma.
Eu escolho a paz.
Eu escolho a paz.
Eu escolho o amor.


Um bom fim de semana!

Sem comentários: