terça-feira, 31 de março de 2009

Lucky

Jason Mraz
Do you hear me,
I'm talking to you
Across the water across the deep blue ocean
Under the open sky, oh my, baby I'm trying

Colbie Caillat
Boy I hear you in my dreams
I feel your whisper across the sea
I keep you with me in my heart
You make it easier when life gets hard

Duet : Jason Mraz and Colbie Caillat
I'm lucky I'm in love with my best friend
Lucky to have been where I have been
Lucky to be coming home again
Ooohh ooooh oooh oooh ooh ooh

They don't know how long it takes
Waiting for a love like this
Every time we say goodbye
I wish we had one more kiss
I'll wait for you I promise you, I will

I'm lucky I'm in love with my best friend
Lucky to have been where I have been
Lucky to be coming home again
Lucky we're in love every way
Lucky to have stayed where we have stayed
Lucky to be coming home someday

Jason Mraz
And so I'm sailing through the sea
To an island where we'll meet
You'll hear the music fill the air
I'll put a flower in your hair

Colbie Caillat
Though the breezes through trees
Move so pretty you're all I see
As the world keeps spinning round
You hold me right here right now

Jason Mraz and Colbie Caillat
I'm lucky I'm in love with my best friend
Lucky to have been where I have been
Lucky to be coming home again
I'm lucky we're in love every way
Lucky to have stayed where we have stayed
Lucky to be coming home someday

Ooohh ooooh oooh oooh ooh ooh ooh ooh
Ooooh ooooh oooh oooh ooh ooh ooh ooh


Recomeçar... Sonhar.....

"Não importa onde você parou...
Em que momento da vida você cansou...
O que importa é que sempre é possível e necessário "recomeçar".
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo...
É renovar as esperanças na vida e, o mais importante...
Acreditar em você de novo.
Sofreu muito neste período??
Foi aprendendo...
Chorou muito??
Foi limpeza da alma...
Ficou com raiva das pessoas??
Foi para perdoa-las um dia...
Sentiu-se só por diversas vezes??
É porque fechaste a porta até aos anjos...
Acreditou em tudo que estava perdido?
Era o inicio da tua melhora...
Onde querer chegar??Ir alto??
Sonhe alto...Queira o melhor do melhor...
Se pensarmos pequeno...Coisas pequenas teremos...
Mas se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor...
O melhor vai se instalar em nossa vida.
Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura."
(Carlos Drummond de Andrade)

Foi a Karochinha que publicou este poema, lindo e maravilhoso!
Tão perfeito neste momento para mim.
Obrigada!

segunda-feira, 30 de março de 2009

A verdadeira mudança ocorre na mente

"Lembrar a perfeição, para além do que vemos, é a melhor maneira de elevar a consciência ao nível criador do Universo.
Empatizar com o problema, com a doença, com o sofrimento, é reforçá-lo em nós e nos outros. Ajudar os outros significa enviar-lhes pensamentos de amor, de perfeição, de saúde, de alegria e abundância, sempre e em qualquer circunstância, para além do que possa estar a acontecer. Ao fazê-lo, não só os ajudamos como reforçamos em nós a lembrança de quem somos.
O símbolo mental que podemos decidir manter, reforçar e até acompanhar em todas as circunstâncias é o círculo, pois, através dele, lembramo-nos de que nada existe separado ou só, tudo faz parte da unidade e só nela existe verdadeiramente."

Excerto do livro "A Fonte do Sucesso" de Isabel Ferreira
Este pequeno excerto vale a pena ser lido, relido e assimilado.
Quando olhamos para o nosso exterior e nos esquecemos de quem somos, temos a tendência para julgar o que vemos e observar com toda a força o que está a acontecer.
Nesses momentos, reforçamos a crença em tudo aquilo que não desejamos e esquecemo-nos que a nossa mente pode tudo e é uma fonte ilimitada de abundância, saúde, amor e alegria.
Li este livro há uns anos e agora estou a ler algumas partes, que se vão abrindo para mim com as mensagens mais importantes para o momento.
Hoje reforcei em mim a ideia de que "Dar é Receber" e "Ter é Ser, Ser é Ter". Falarei sobre isto um dias destes.

Amor


Muitas vezes exigimos demais de nós mesmos, vêmos apenas aquilo que não conseguimos atingir e esquecemo-nos das pequenas vitórias.
São as pequenas vitórias que levam o ser humano a atingir grandes feitos!
Principalmente as pessoas que são muito perfeccionistas, anseiam por tudo perfeito e muitas vezes o seu padrão de perfeição está acima dos limites que impõem a si mesmas, mesmo que inconscientemente.
A perfeição acompanha cada um de nós, faz parte de nós e nós já somos perfeitos, em todos os momentos.
Tudo o que vivemos está de acordo com o plano divino traçado por nós mesmos e é sempre uma dança harmoniosa - que nem sempre a nossa mente fechada em perspectivas limitadoras consegue ver.
Quando nos permitimos amar na plenitude, com tudo o que fizemos ou deixamos de fazer, com tudo o que somos e que gostaríamos de ser, temos nas nossas mentes a paz e o nosso corpo relaxa em paz e tranquilidade.

Não precisamos correr para alcançar absolutamente nada. Tudo o que precisamos para atingir a paz que desejamos existe dentro de cada um de nós.
Tenho vindo a compreender a essência dos ensinamentos da lei da atracção, ou lei da causa e efeito.
É verdade que os nossos pensamentos são criadores, mas mais forte do que os pensamentos é aquilo que sentimos.
O que sentimos desperta em nós emoções, e estas, quando associadas aos nossos pensamentos, criam experiências para se alimentarem e reproduzirem.
Quando as emoções estão equilibradas e conseguimos relaxar, a nossa mente também se encontra tranquila e conseguimos ver de outro modo. A janela do mundo abre-se de uma nova forma para nós e os nossos pensamentos estão alinhados com o Universo, numa sincronia consciente e mais que perfeita.

Desisti de tentar compreender... quem quer compreender seja o que for deste Universo é apenas o meu ego.
O meu Ser não precisa de compreensão porque conhece e sabe tudo.
Então, se existe uma parte de mim que tudo sabe, só me resta confiar nela e em Deus e entregar o meu futuro nas mãos de quem Sabe.
E o que fica é Paz e Certeza.

Para mim, auto-estima é mais um conceito.
Auto-Estima é Amor. É amor por mim e por tudo o que É.
Quando me amo a mim, consigo olhar para todos os seres humanos, seres vivos e não vivos, e amar a sua vida, a sua essência e a sua origem: Deus.

domingo, 29 de março de 2009

Porque há histórias fáceis de contar.....

There is no right or wrong way to tell your improved story. It can be about your past, present, or future experiences. The only criterion that is important is that you be conscious of your intent to tell a better-feeling, improved version of your story. Telling many good-feeling short stories throughout your day will change your point of attraction. Just remember that the story you tell is the basis of your life. So tell it the way you want it to be.

Excerpted from the book "Money and the Law of Attraction: Learning to Attract Health, Wealth & Happiness"

Our Love,
Jerry and Esther

sábado, 28 de março de 2009

O Poder Curativo das Crenças

Porque há mudanças que podemos fazer dentro de nós mesmos que podem criar a diferença que desejamos...
Porque merecemos e possuímos todas as capacidades para sermos felizes....
Porque já somos completos, inteiros e AMOR!



Ver e ouvir este vídeo levou-me para outras dimensões dentro de mim.
Sentir... e emanar AMOR em meu redor e para todas as direcções no Universo.
Pode ser que não conheçamos conscientemente a imensidão da VIDA, mas a verdade é que existe uma parte de nós que se lembra e SABE o que está para lá das limitações aparentes que nos impomos todos os dias!
Basta querer ver e abrir o coração.
Quando não compreendemos na totalidade, apenas porque não vemos, deixemos o coração sentir e deixemos que o medo se desvaneça na presença da única coisa que é real: o AMOR.

quinta-feira, 26 de março de 2009

Desafios

Há momentos em que gostava de não estar aqui!
Gostava de estar num sítio distante e não ter ligações a nada, nem a ninguém!
Quem seria nesse momento? Não sei... mas eu sem a minha história estou tão bem, estou num mundo calmo onde nada me atrapalha e consigo manter-me nessa paz pela eternidade.
Não quero mudar nada nem ninguém e tudo está no seu devido lugar! Tudo está perfeito!
Cada vez sinto mais em mim que todos os nossos pensamentos criam e todas as conversas que temos interiormente acabam por ser reproduzidas no exterior.
Ainda temos muito a ideia que os nossos pensamentos são pessoais e que não se reflectem nos outros.
Ontem disseram-me algo que gostei: "Somos uma espécie de bolha, e nada se passa fora de nós. Sempre que "atacamos" alguém, por palavras, pensamentos ou actos, isso bate na bolha pela parte de dentro e regressa a nós.". E isso acontece com qualquer tipo de pensamento.

Achei realmente interessante!
E olhando para a nossa vida dessa perspectiva, é assim que as coisas acontecem.
Para mim, um grande desafio são os relacionamentos familiares. Acho que é o grande desafio da maioria das pessoas (ou talvez por ser o meu, acho que é assim com o resto).
E hoje estive a ouvir um CD da Isabel Ferreira e a visão dos relacionamentos lá apresentada é brilhante.
Acho que ainda tenho alguns passos para dar nesse sentido... mas espero conseguir atingir um estado de paz no que se refere a esse assunto, em especial num relacionamento... que tem andado a desafiar-me muito.

Deixo aqui o link do CD que estive a ouvir, para quem quiser. Basta clicar no link e inserir o email e já está!

terça-feira, 24 de março de 2009

Mudar é bom....

Imagem: Google

Às vezes as mudanças que nos pedimos são precisas.
É preciso sair, refrescar o rosto com novos ares, novas pessoas e novas situações.
Deixar o vento nos dar a mão e nos guiar nos caminhos da vida.
Temos a escolha na nossa mente e podemos entrar no jogo da vida quando nos apetecer! Mas... com muitas leituras de livros de desenvolvimento pessoal, muitos workshops e cursos, aprendi que o mais importante, é ouvir a nossa voz interior e seguir a intuição.
A lei da atracção existe e podemos realmente realizar os nossos sonhos! No entanto, tenho aprendido que existe algo muito mais poderoso do que apenas decidir o que queremos do Universo, como se o Universo fosse um catálogo.
Acredito piamente que podemos materializar tudo o que desejamos.
Mas também acredito que estamos aqui por uma razão, que existe um desejo profundo de realização pessoal, algo que realmente queremos oferecer ao mundo.
Acima de tudo, o que temos para oferecer é limpar o nosso interior, limpar a nossa mente de pensamentos equivocados sobre nós e o mundo.
Quando conseguirmos estar num "estado de graça" todos os desejos partem do coração e não existe nenhum impedimento exterior para a sua realização.
Há uns anos li "A Profecia Celestina" e todos os livros que se seguiam na colecção e a visão simples do mundo apaixonou-me.
Estar em pleno contacto com a Natureza, com o Universo e simplesmente seguir o fluxo!
Quando seguimos o fluxo... quando nos deixamos navegar no rio da vida, tudo flui de uma forma perfeita e maravilhosa.
As mudanças acontecem porque sim... e tudo se encaixa numa dança melodiosa!

domingo, 22 de março de 2009

Newsletter Março

O Universo oferece-nos a cada momento o que é mais importante para nós.
A humildade de compreender as lições que resolvemos aprender está na linha da frente da nossa vida, e quando decidimos aceitar que Somos nós que decidimos o que escolher em cada momento, podemos aprender em Paz e descobrir em cada aprendizagem um Sucesso.
O nosso pensamento tem um poder indiscutível, mas quando não o usamos com o coração, nunca podemos saber qual o resultado em consciência.
O coração comunica connosco.
Uns acreditam em Deus, outros numa Inteligência Infinita, outros num Ser Superior, outras na Intuição... tantos nomes e conceitos que nem sequer compreendemos. O que interessam nomes?
O que sentimos quando comunicamos com a nossa essência é tão forte que rapidamente reconhecemos o Amor Infinito que nos preenche e que constrói todo o mundo que vemos, sentimos e vivemos.
Existem tantas soluções que nos oferecem, tantos caminhos, que muitas vezes nos sentimos perdidos.
Todos os dias o nosso pensamento é estimulado por milhares de situações, palavras, sons, pensamentos, imagens, novas ideias. Quando nos encontramos no meio de tudo isso sem um fio condutor na nossa vida, perdemos muitas vezes o rumo e temos dificuldade em encontrar um caminho.
Quando nos ouvimos, e ouvimos em Amor, quando sentimos que essa voz vem da nossa essência, provém dessa Inteligência Infinita, reconhecemos o "nosso caminho".
Podem ocorrer mudanças, podem surgir novidades, podem aparecer obstáculos... mas sabemos para onde desejamos ir e que temos sempre um guia interior que sabe o que é melhor para nós.
Quando tudo à nossa volta nos mostrar confusão, basta olhar para dentro e limpar a confusão interior. Baixar o volume dos pensamentos e querer ouvir a voz do coração.
A resposta está aqui, bem dentro de nós.
Não há perguntas sem respostas.
Não há problemas sem soluções.
Todos os desafios nos ensinam a crescer e a construir um mundo melhor!

Ângela Vieira
Consultora e Terapeuta Pessoal

- Consultas de Coaching e EFT(Técnicas de Libertação Emocional)
- Programas Pessoais de Desenvolvimento Pessoal
- Workshops para Pais e Professores - Coaching


Formação:
Coach com Certificação Internacional pelo CCF(Certified Coaches Federation) e ECIT(Escola de Coaching ECIT)
Coaching para Pais e Professores
EFT(Emotional Freedom Technique) - Nível I e II
Reiki - Nível I
Frequência de workshops de Desenvolvimento Pessoal - Método Louise Hay e outros

Licenciatura em Matemática Aplicada à Tecnologia

sexta-feira, 20 de março de 2009

Relacionamentos

Todos nós somos desafiados no nosso quotidiano nos relacionamentos mais próximos.
De formas simples ou mais ousadas, todos temos obstáculos pessoais a ultrapassar e melhoramentos a fazer.
A verdade é que esses melhoramentos são apenas uma forma de dissolução do nosso ego.
Lá no fundo, nós já não precisamos de alterar nada, apenas vivemos nessa ilusão.
Temos um mecanismo de defesa inconsciente que se comporta como se estivesse a ser atacado por simples palavras ditas por outra pessoa. E quando essa pessoa nos é muito próxima, a reacção multiplica-se exponencialmente.
Há quem fale em relacionamento cármicos ou mal resolvidos no passado.
Hoje em dia não acredito nessas coisas. Sinto apenas que existem memórias emocionais, por determinadas situações que vivemos, que são despertadas e alimentadas nos relacionamentos.
O nosso estado de apego a determinadas memórias e rotinas mentais leva-nos a viver e reviver as mesmas situações, vezes sem conta.
Achamos que somos aquilo que vivemos e achamos que não temos volta a dar à situação. Acho que isso é mentira.
Um estado de presença e a observação consciente podem ajudar na dissolução da identificação com o ego, assim como a identificação com a razão que nos leva a achar os relacionamentos mais ou menos complicados.
Desde menina que sonho com relacionamentos perfeitos e toda a minha vida vivi a acreditar que isso era possível. Acabava por me desiludir pois as pessoas não chegavam aos padrões que eu construía para elas.
Pior, ficava imensamente chateada comigo porque eu mesma não atingia os meus objectivos perfeitos.
A questão que me resolvi colocar foi: quem me disse que a perfeição era desta ou daquela maneira?
O meu ego.
E pronto... a partir daqui pude começar a construir novos valores e novos paradigmas para os relacionamentos.
E aqui se encontra o processo de dissolução do ego: aceitação.
Começo por me aceitar como eu sou.
Aceitar as minhas reacções, que vão sendo observadas e começam a dissolver-se na luz da consciência.
Aceito o que sinto e abro os meus horizontes, libertando o meu peito da culpa, do ressentimento, da raiva... abro espaço para a aceitação, o amor e a alegria.
Quando me aceito, descubro que o outro é igual a mim.
Quando reajo ele também reage. A inconsciência toma conta dos dois.
Quando aceito, o ego dele não resiste à consciência e dissolve-se.
Nós somos apenas UM, na sua magnificência e poder. Podemos tudo o que sonhamos, por isso, aceitar quem somos e todos os que nos rodeiam, é aceitar a Unidade e o Deus em todos nós.
Sim... porque se Deus faz parte de mim, também deve fazer parte de todos os outros seres humanos.
Como pode Deus atacar Deus? Como pode Deus defender-se de Deus?
Deus aceita, perdoa e ama.

Um trabalho lindo


Vale a pena ver o trabalho de uma artista fantástica: Teresa de Freitas.

Espero que gostem da sugestão!
Entretanto partilho também as sugestões que ela me enviou por email.


"1ª - FEIRA ALTERNATIVA - 2009 - 27 a 29 de Março
Na Cordoaria Nacional. É uma feira muito interessante, onde acontecem muitas coisas que nos ligam mais a nós e ao planeta azul.
mais informações em: www.terraalternativa.com
2ª - VISITA AO MEU ATELIER***** - Sábado 28 das 15 às 22h e Domingo 29 das 15 às 20h
Mais um local interessante para visitar, onde acontecem muitas coisas que nos ligam à arte e à alegria de viver neste planeta azul.
Terei de certeza pelo menos um chazinho para partilhar convosco.
Trv. Conde da Ribeira 16 r/c Dtº (fica muito próximo da Cordoaria), envio anexo com mapa.
para conhecer um pouco o meu trabalho: http://pwp.netcabo.pt/teresa.defreitas/
Se quiserem enviar sms antes de vir, estarei a contar convosco.
tel: 91 473 60 30 / 96 128 54 04
Amigos, programas não faltam, a dificuldade é mesmo saber qual escolher.
Escolham pelo coração e sejam felizes!
Teresa Alegria"


segunda-feira, 16 de março de 2009

Um Curso Em Milagres

Silêncio


Há momentos em que a vida nos pede SILÊNCIO!
O silêncio interior é o meu santuário e o meu refúgio quando me sinto um pouco mais em baixo.
Um hábito, um modo de vida, uma forma que encontrei de me restaurar e da vida me equilibrar.
Não acho que é o único caminho, reconheço como sendo o caminho que encontrei e que talvez sempre tenha sido o mais fácil para mim.
Desde que descobri o poder que a meditação oferece, tenho-me rendido a esse silêncio interior, assim como a meditações guiadas e relaxantes.

Todos, sem excepção, temos dentro de nós o Poder e o Amor para VIVER em alegria, harmonia e amor.
O nosso estado natural, um estado de presença absoluta, no Agora, abre um espaço dentro de nós, um Silêncio Divino, que alberga algo Maior, Poderoso e Sagrado.
É inexplicável e apenas se sente.
Tenho feito os possíveis para me manter no Presente e observar os caminhos que a minha mente percorre a fugir da bênção do momento.
Concordo quando dizem que o nosso ego nos tenta manter longe desse espaço, dessa abertura.
Mas também sinto que a nossa Presença Observadora é capaz de tornear qualquer resistência e dissolver qualquer emoção que nos impeça de VER!

Becoming Just Awesome Part 1 - Action vs. Protection

Enjoying the sun

Welcome to Part 1 of our FinerMinds 19-part series aimed at helping YOU become more awesome. What exactly does becoming more awesome mean? Well, it means becoming a person and living a life that blows YOU away.

There is no one else to please in your life except you. Living an awesome (or tremendous or amazing or mind-blowing) life is about claiming ownership of your destiny, identifying the patterns of thinking and behaving that hold you back, defining what makes you happy and means success to you, and taking decisive action to achieve it.

Perhaps you’re thinking this is all rather selfish, this focus on pleasing yourself, becoming a better you. But the fact is being happy and content in your own skin translates into loving kindness and greater compassion towards others.

Think about the individuals around you who are unhappy and chronically dissatisfied. The complainers. I’d wager these aren’t the folks who would be first in line to take action to help another person. It’s the self-actualized beings in your midst who think about how they can help others and make the world a better place.

Some of the knowledge we’ll be sharing is pretty straightforward. This is stuff that most of you know, in theory, but you far too often fail to act on it. These 19 short articles and exercises will keep these core concepts present in your mind so you can actively work on them throughout your day.

This information is crucial to helping you transform your mind, body and spirit: in essence, your life.

Humans are terrible creatures of habit. Most people scurry around in self-defeating loops based on years of bad programming. Half the battle is identifying what you’re doing wrong. Only then can action be taken to make changes to improve the quality of your life.

Much of the knowledge we’re giving you is inspired by the one and only T. Harv Eker, the man behind Peak Potentials Training, the fastest growing personal development company in North America. Using some of the key principles set out by T. Harv Eker – which we will share with you throughout this series – thousands have gone from living lives of mediocrity to lives overflowing with joy, love, abundance, and success.

PART 1: Action vs. Protection

In Part 1, I’m going to focus on your mind. More specifically, I’m going to explain what your mind wants. Obviously, the human mind is hugely complex and nuanced, but one of its primary and primitive functions is to keep you out of danger. Your mind wants to protect you, so it creates fear, so you will NOT act. Your mind works to maintain its present comfort zone.

A favorite phrase of the mind is “what if…” The mind is like this overzealous soap opera writer deeply invested in churning out imagined melodramas. The point here is that they’re imagined. They’re not real. But the unfortunate reality is that we live our lives guided by these dramatic fear-based imaginings that hold us back from taking action and moving forward.

Fear is the tension in the mind between your will to act and your mind trying to protect you.

When you take action (even if you do something many would consider incredibly frightening) and your mind does NOT try to protect you with chatter, you will not feel fear. Fear exists when part of you wants to act and part of you wants to hold back. Fear is also increased by the anticipation of physical and mental pain. Here the key word is ‘anticipation’. Again, it’s imagined. It’s in the future. It only exists in your mind. Of course, there are situations when fear is entirely warranted, like if you were facing down a bear or you encountered a hostile stranger in a dark alley, but these circumstances are highly unusual.

The key is to tame the mental chatter that gives rise to fear.

Chances are the fear won’t go away entirely, but you can slow down and see the mental chatter for what it is: just your mind on overdrive trying to protect you. This helps to strip the chatter of its power to influence you. The key is to act in spite of fear. This is having courage.

Exercise
  1. Think about the last time you were scared to do something, but you did it anyway. (Maybe it was giving a presentation at work. Maybe it was attending a swimming class. It could be any situation where you acted in spite of your fear.)
  2. Close your eyes and bring yourself into that moment – the sights, sounds, thoughts, feelings, etc. Really visualize it.
  3. Try to clearly identify what it was that you were scared of before you acted. Feel the fear, but pin down what your mind was trying to protect you from? (Was it fear of failure? Was it fear of being judged? It could be a few things.) Make sure you recognize this for what it is, just protective mind chatter.
  4. Keep visualizing. After you took action, how did it feel to act in spite of the fear? Chances are you felt powerful and strong, both mentally and physically. Try to hold on to that feeling and really own it. Relax and try to do this for about 15 minutes.
  5. Finally, the next time you feel scared of doing something, first isolate what it is that you’re actually scared of. Remind yourself that this is protective mind chatter. Just say to your mind “thanks for sharing.” Second, call on that feeling of strength you felt the last time you overcame your mind’s protective instinct and acted in spite of the fear. This feeling will help propel you towards action. The more you act in spite of fear, the easier it becomes.

by Michelle Rogers

http://daily.finerminds.com/mind/self-improvement/becoming-just-awesome-part-1-action-vs-protection/

quarta-feira, 11 de março de 2009

Oprah and Eckhart Tolle

Há momentos que valem a pena ser escutados no silêncio da mente, no espaço observador da experiência.


terça-feira, 10 de março de 2009

Um texto no momento certo...

Pela primeira vez, consegui ultrapassar um momento que normalmente me colocava "em baixo", e 10 minutos depois este texto aparece à minha frente...
Faz parte de uma série de 18 textos, prometo apresentar aqui todos.
Vou começar neste e depois começo com a série completa!!

Stop Taking Things Personally!
by Michelle Rogers

Welcome back! It’s time for Part 18 in our FinerMinds series on Becoming Just Awesome. We’re almost there – only one more post to go! This week we’re going to focus on not taking things personally. Easier said than done, of course. Far too often people let their emotional well-being be dictated by the words and actions of others. It’s time for everyone to follow their own true path and stop chasing after the compliments and expectations of others.

Taking other people’s judgments personally undermines your self-worth.

In Don Miguel Ruiz’s inspirational book, The Four Agreements, he discusses this human flaw of taking things personally. According to Ruiz, nothing other people say or do is because of you. Rather, it has everything to do with their own reality. It says much more about them than about you.

Let’s say you have a co-worker who constantly puts you down. Maybe he or she does it subtly, but they nonetheless seek out ways to undermine your confidence. They roll their eyes when you speak up in a meeting. They make fun of what you’re wearing. And if you confront them about their behavior, they chastise you for not being able to take a ‘joke’. Hopefully, this isn’t your experience, but I think you know what I’m talking about.

You need to take a step back and think about why this person is acting this way. As a general rule happy, confident individuals don’t behave like this. Not at all. People who exhibit this type of predatory, cruel behavior are actually miserable, lack confidence and essentially project their negativity onto others.

Chances are you’re the target because this person knows that their continuous little digs get to you. It gives them power and makes them feel better (temporarily). As soon as their comments and actions have absolutely no impact on you, they’ll stop. Guaranteed.

In the words of Eleanor Roosevelt: “No one can make you feel inferior without your permission.”

Don Miguel Ruiz also describes taking things personally as the “ultimate act of selfishness.” Huh? Well, when you take things personally, you assume everything is about YOU. It’s not. Again, what people say has so much more to do with them than it does about you.

Dr. Wayne Dyer also weighs in on the idea of taking things personally in his book The Power of Intention. Dyer says that when you allow the opinions of others to be more important than your opinions of yourself, you lose self-respect. Why would you put your opinions of yourself below those of another person? Rather, you deserve to believe you’re valuable and worthy.

A few more kernels of knowledge on the subject:

1. Compliments are just gravy
Compliments are lovely aren’t they? But here’s the thing: If you’re hooked by the compliments, you’re hooked by the criticism. You need to get to a place where both credit and criticism can’t touch you. Compliments can’t be the source of your strength, because what if they dry up, what then? They’re just gravy – extra dressing, but no real substance.

2. Stop colluding
Let’s say you perceive a situation as negative. For example, a friend chose to spend the evening with someone else instead of you or you received a curt e-mail from your boss. You’re hurt. What do you do? One reaction that is temporarily soothing is to call someone, unload your hurt and anger, and get them hooked into your story. This is a big energy investment and utterly not worth it. Inviting others to collude in your story only perpetuates the pattern of taking things much too personally. Collusion is rounding up individuals who believe your own illusion. Not good!

3. Always keep the larger goal in mind
Who you become on your life journey is far more meaningful than what happens to you. When you learn how to get beyond taking things personally by observing and then choosing an alternate response, you will eventually become unshakable. You can lose your job; you can be broke; you can be forced to leave your home. But no one can take away who you are – your essence. As you become a person who is clear and centered, you will have the tools to succeed in life no matter what happens in the external world.

Exercises

Here are two exercises that I had the privilege of being introduced to at T. Harv Eker’s Enlightened Warrior Training Camp. These exercises are designed to help you move past taking things personally. To get the most out of these exercises you must put all your energy into them. Go beyond understanding them on an intellectual level, really feel the intention behind them.

To do these exercises, find a friend or a partner to help you out. In the first exercise you’re going to insert the name of someone who has hurt you in the past. Now say the phrase out loud and do it with as much intention as possible. Repeat it as many times as is needed until you feel the hurt dissipating.

For the second exercise, you’re going to insert your own name. Say this phrase over and over with positive intensity (not anger) to the person who is helping you with this exercise. Look them right in the eye and say it. If you’re not comfortable using the word ‘f*#k’, insert a word that has a lot of energy for you. (Harv was big on having us use this word because it can be rather liberating.) Also make sure you use the word ‘and’ (don’t use ‘but’), because you both love them and you don’t care what they think about you. Keep repeating this phrase until you feel a surge of personal power.

Exercise 1
__________, I now understand that what you did and said had nothing to do with me and everything to do with you. You were projecting your own mental baggage and bad programming onto me. I unknowingly let in your poison. I now choose to let that poison go and fully release myself from this hurt.

Exercise 2
Hi, my name is __________. I love and respect you, and I don’t give a f*@k about what you think about me. Have a nice day!

How did you feel after doing these exercises?

http://daily.finerminds.com/mind/self-improvement/stop-taking-things-personally/

segunda-feira, 9 de março de 2009

Aumentou a procura do "coaching" - RTP

Trata-se de um género de orientação para ser mais feliz. Os "treinadores de felicidade" propõem-se ajudar os clientes a atingirem objectivos concretos como falar em público, lidar melhor com os outros ou até deixar de fumar.

sexta-feira, 6 de março de 2009

What is arising now is not a new belief system, a new religion, spiritual ideology, or mythology. We are coming to the end not only of mythologies but also of ideologies and belief systems. The change goes deeper than the content of your mind, deeper than your thoughts. In fact, at the heart of the new consciousness is the transcendence of thought, the newfound ability of rising above thought, of realizing a dimension within yourself that is infinitely more vast than thought. You then no longer derive your identity, your sense of who you are, from the incessant stream of thinking that in the old consciousness you take to be yourself. What a liberation to realize that the “voice in my head” is not who I am. Who am I then? The one who sees that. The awareness that is prior to thought, the
space in which the thought – or the emotion or sense perception – happens.

A New Earth - Eckhart Tolle

Só o coração sabe


Um estado de silêncio interior é calmante, revigorante e altamente amoroso.
Tudo está no seu devido lugar, tudo se transforma no tempo perfeito e a compreensão vai além do que conhecemos.
Faz sentido continuar a procurar uma solução? Fará sentido procurar respostas e métodos fora de nós mesmos para encontrarmos o caminho certo a seguir?
Não existem caminhos certos ou errados, lentos ou rápidos, perfeitos ou imperfeitos. Existem caminhos. Existem os caminhos que escolhemos, os caminhos que conseguimos caminhar e trilhar entre os nossos pensamentos.
O caminhar dos nossos passos levam-nos a novas paragens, onde podemos contemplar com paciência e tranquilidade o que a vida tem para nos oferecer. Nessas paragens podemos abrir os nossos braços e permitir à nossa mente "ver" com os verdadeiros olhos da alma.
São estes momentos que me aproximam de mim, do nós que todos somos, e que me permitem seguir com amor e alegria por estar viva e por haver alguma razão para me encontrar aqui.
Qual a razão? Não é importante compreender ou perceber, basta saber... um saber que ultrapassa palavras e não é interpretado pela mente.
Só o coração sabe! Esse que me guia e nos guia a todos no caminho da eternidade.

segunda-feira, 2 de março de 2009

O Amor


Gostarmos de nós mesmos é o primeiro passo no caminho da liberdade pessoal.
Como podemos ser livres se acharmos que não merecemos? Como podemos viver em plena comunhão com o Universo se achamos que não somos bons o suficiente para isso?

Talvez nunca ninguém nos tenha ensinado que somos o centro do nosso mundo e que dele parte o que vivemos, vemos, pensamos e sentimos.
Somos apenas nós mesmos que temos o poder de transmutar o sofrimento em amor, a tristeza em amor, a pobreza em amor, a escuridão em amor.
O amor transforma tudo e cura o incurável!
Uma frase que me marcou e que ainda hoje gosto de repetir é que o "incurável é curável no interior", no interior de nós mesmos.

Possuímos todas as capacidades para ultrapassar os mais diversos desafios e temos os talentos mais originais e criativos para avançar com sucesso.
Não sabemos isso? Talvez!
Mas quando descobrimos não podemos ficar indiferentes!
O coração chama, a criatividade desperta e os pensamentos contam-nos histórias de sucesso que inspiram!

domingo, 1 de março de 2009

Há momentos em que uma pausa sabe bem!
Uma pausa do mundo, um pausa de mim, uma pausa de tudo!

Sentir que existe um espaço e um tempo fora daqui, fora deste mundo e de tudo que o compõe.
E se esse espaço existe quando o desejamos, é porque está sempre lá. Só percebemos que ele lá está quando chamamos por ele.
E é assim com tudo!
Quando desejamos algo, descobrimos que sempre esteve mesmo ali... onde nunca procuramos, pois achamos que não temos à nossa disposição.
Tudo o que desejamos já existe para nós e como temos uma formatação mental que não nos permite ver, sem crer, são poucos os que atingem sem esforço o que desejam!

A cada dia que passa acredito que a magia da vida é a simplicidade. Sempre desconfiei disso!
Sempre gostei de tudo bastante simples, fluido e calmo.
Para mim, a vida é maravilhosa e só faz sentido se for vivida entre sorrisos, alegria e amor.

Muitas vezes lutamos e sofremos interiormente, debatemo-nos com o que vemos no exterior e não gostamos do rumo da nossa vida, da vida dos outros e do mundo em geral.
Mas existem momentos, em que conseguimos abrir uma janela, e vemos que afinal não existe razão para tanto conflito interior, para tantos debates internos de certo e errado, e mais... que o medo que sentimos nem sequer faz sentido.
Existem estes momentos que me dizem que tudo está perfeito, que tudo é apenas como deveria ser.
Eu vejo o que eu quero, eu vejo o que eu sinto... eu vejo o que eu crio.

É óbvio que existem momentos em que esta janela está fechada e nem me lembro de a abrir... mas eu sei que ela está lá... e sei que a posso abrir em qualquer momento.
Eu sei que existe um caminho para casa, onde me reencontro comigo mesma e abraço o mundo como ele é.

Não me adianta reclamar, não me adianta debater e muito menos enfrentar-me a mim mesma numa luta constante com o que já existe!
Descobri, que o melhor que podemos fazer, é aceitar este momento. Quando o fazemos, o milagre da vida pode acontecer!
Só temos medo do mundo, porque damos um significado ao que vemos!
Quando dissolvemos esse significado... tudo se desvanece e ficamos nós!
Sim... tudo se pode desvanecer... mas quem SOMOS É, em todos os momentos, em todas as situações.

Sinto-me bem por saber isso! Mesmo se não abrir a janela do reencontro, sei que ela está lá... e de todas as vezes que a abro ela fica maior e maior. Sei que consigo passar por ela... e reencontrar-me com quem Sou... e nesses momentos momentos o mundo pára... o Amor transborda!

Uns dizem que é loucura... eu digo que é Amor e que é tudo o que existe!
Mas à minha parte que diz ser loucura, eu amo ainda mais, pois lembra-me ainda mais dos meus sonhos e de como é bom saboreá-los!