segunda-feira, 30 de março de 2009

Amor


Muitas vezes exigimos demais de nós mesmos, vêmos apenas aquilo que não conseguimos atingir e esquecemo-nos das pequenas vitórias.
São as pequenas vitórias que levam o ser humano a atingir grandes feitos!
Principalmente as pessoas que são muito perfeccionistas, anseiam por tudo perfeito e muitas vezes o seu padrão de perfeição está acima dos limites que impõem a si mesmas, mesmo que inconscientemente.
A perfeição acompanha cada um de nós, faz parte de nós e nós já somos perfeitos, em todos os momentos.
Tudo o que vivemos está de acordo com o plano divino traçado por nós mesmos e é sempre uma dança harmoniosa - que nem sempre a nossa mente fechada em perspectivas limitadoras consegue ver.
Quando nos permitimos amar na plenitude, com tudo o que fizemos ou deixamos de fazer, com tudo o que somos e que gostaríamos de ser, temos nas nossas mentes a paz e o nosso corpo relaxa em paz e tranquilidade.

Não precisamos correr para alcançar absolutamente nada. Tudo o que precisamos para atingir a paz que desejamos existe dentro de cada um de nós.
Tenho vindo a compreender a essência dos ensinamentos da lei da atracção, ou lei da causa e efeito.
É verdade que os nossos pensamentos são criadores, mas mais forte do que os pensamentos é aquilo que sentimos.
O que sentimos desperta em nós emoções, e estas, quando associadas aos nossos pensamentos, criam experiências para se alimentarem e reproduzirem.
Quando as emoções estão equilibradas e conseguimos relaxar, a nossa mente também se encontra tranquila e conseguimos ver de outro modo. A janela do mundo abre-se de uma nova forma para nós e os nossos pensamentos estão alinhados com o Universo, numa sincronia consciente e mais que perfeita.

Desisti de tentar compreender... quem quer compreender seja o que for deste Universo é apenas o meu ego.
O meu Ser não precisa de compreensão porque conhece e sabe tudo.
Então, se existe uma parte de mim que tudo sabe, só me resta confiar nela e em Deus e entregar o meu futuro nas mãos de quem Sabe.
E o que fica é Paz e Certeza.

Para mim, auto-estima é mais um conceito.
Auto-Estima é Amor. É amor por mim e por tudo o que É.
Quando me amo a mim, consigo olhar para todos os seres humanos, seres vivos e não vivos, e amar a sua vida, a sua essência e a sua origem: Deus.

Sem comentários: