sexta-feira, 6 de março de 2009

Só o coração sabe


Um estado de silêncio interior é calmante, revigorante e altamente amoroso.
Tudo está no seu devido lugar, tudo se transforma no tempo perfeito e a compreensão vai além do que conhecemos.
Faz sentido continuar a procurar uma solução? Fará sentido procurar respostas e métodos fora de nós mesmos para encontrarmos o caminho certo a seguir?
Não existem caminhos certos ou errados, lentos ou rápidos, perfeitos ou imperfeitos. Existem caminhos. Existem os caminhos que escolhemos, os caminhos que conseguimos caminhar e trilhar entre os nossos pensamentos.
O caminhar dos nossos passos levam-nos a novas paragens, onde podemos contemplar com paciência e tranquilidade o que a vida tem para nos oferecer. Nessas paragens podemos abrir os nossos braços e permitir à nossa mente "ver" com os verdadeiros olhos da alma.
São estes momentos que me aproximam de mim, do nós que todos somos, e que me permitem seguir com amor e alegria por estar viva e por haver alguma razão para me encontrar aqui.
Qual a razão? Não é importante compreender ou perceber, basta saber... um saber que ultrapassa palavras e não é interpretado pela mente.
Só o coração sabe! Esse que me guia e nos guia a todos no caminho da eternidade.

Sem comentários: